domingo, 15 de janeiro de 2012

Midnight in Paris

Marion Cotillard & Owen Wilson

Vamos por partes,

Woody Allen. Aprendi nos últimos anos a ver os filmes do senhor e sou nada mais nada menos que apaixonado pela obra!

Owen Wilson, daqueles tipos que faça o papel que fizer, faz sempre a mesma coisa. Gajo meio maluco, muito Zen, que só faz asneira e é super lunático. Terá encontrado aqui, em minha opinião, o maluco perfeito com quem trabalhar. Se não conhecessemos o anterior trabalho de Owen Wilson poderiamos dizer que era o actor perfeito para este papel, ou melhor, que este papel teria sido interpretado de forma perfeita pelo mesmo, que não é bem a mesma coisa.

Carla Bruni, cameo desnecessário. As duas cenas em que entra com toda a certeza que deram muito jeito para fechar algumas ruas de Paris e facilitar às filmagens durante todo o filme, compreende-se portanto.

Marion Cotillard, vai muito bem. Sabia que a conhecia de algum lado e ao pesquisar é de facto conhecida. De Big Fish, Inception, Inimigo Público e por aí fora.

Adrien Brody, catchphrase!!!

Trailer, muito inteligente à semelhança da referência do Telminho ao trailer de Drive. Revela todo o entertenimento e ritmo que o filme tem e deixa em aberto toda a riqueza que é desvendada ao longo do filme. Quem não conhece a história será com facilidade positivamente surpreendido.

Eu adorei o filme. É altamente rico em cultura, entertenimento e história. Faz-te pensar, faz-te interpretar o saudosista que há em ti, faz-te pensar no passado e, definitivamente, no presente.

Ao que parece, vi agora os vencedores, acabou de ganhar o Globo de Ouro para Best Screenplay - Melhor Argumento.

Sem comentários:

Publicar um comentário